Informação sobre leishmaniose, causas, sintomas e tratamento da leishmaniose, identificando os diversos tipos, como leishmaniose visceral e outras


Sintomas da Leishmaniose Tegumentar Americana no Homem

Classicamente a doença se manifesta sob duas formas: Leishmaniose Cutânea e Leishmaniose Mucosa, esta última também conhecida como mucocutânea, que podem apresentar diferentes manifestações clínicas.
A Leishmaniose Cutânea apresenta-se sob as seguintes formas clínicas:

Forma cutânea localizada: 
representa o acometimento primário da pele. A lesão é geralmente do tipo úlcera, com tendência à cura espontânea e apresentando boa resposta ao tratamento, podendo ser única ou múltipla (até 20 lesões).

Forma cutânea disseminada:
Esta forma de apresentação é caracterizada pelo aparecimento de múltiplas lesões papulares e de aparência acneiforme que acometem vários segmentos corporais, envolvendo com freqüência a face e o tronco. O número de lesões pode alcançar as centenas.
Outros aspectos a serem destacados nesta forma clínica são: o acometimento mucoso concomitante, que tem sido observado, em até 30% dos pacientes e as manifestações sistêmicas, como febre, mal-estar geral, dores musculares, emagrecimento, anorexia, entre outros.
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL